Opinião

segunda-feira, 20 dezembro 2021 10:27

Learning by Doing: uma rampa para o sucesso

Marta Bicho, professora do IPAM Lisboa

O mundo VUCA (volátil, incerto, complexo e ambíguo) em que nos encontramos exige cada vez mais e melhor preparação por parte dos marketers, por forma a terem a capacidade de tomar decisões rápidas, através de soluções criativas. Por sua vez, o ensino do marketing centrado na experiência e na vivência, denominado por Learning by Doing, constitui-se como uma rampa para o sucesso, seja para os futuros marketers, seja para as empresas.

terça-feira, 07 dezembro 2021 10:38

A pandemia veio mudar a forma como percecionamos as redes sociais?

Estela Bento, Head of Social Media na BY – Interactive Brands Agency

O aumento da presença das marcas nas redes sociais e o crescente consumo de conteúdos nestas plataformas por parte dos consumidores são analisados pela autora, que lhes reconhece virtudes, mas também um lado menos positivo.

terça-feira, 30 novembro 2021 11:52

Ensino superior: A importância da marca e os desafios de um rebranding

Jorge Borges, Head of Marketing do ISEG – Lisbon School of Economics and Management, Universidade de Lisboa

Como vamos falar de educação, começo por convidar-vos a resolver um problema matemático: Existem 882 universidades e escolas de negócios acreditadas pela AACSB. Essa prestigiada certificação é atribuída apenas a 5% das universidades.

segunda-feira, 29 novembro 2021 12:44

Impõe-se um marketing pós-digital

Carlos Manuel de Oliveira, CEO da marketingmania consulting e professor convidado do ISEG/UL

"Marketing pós-digital (o marketing à medida do ser humano)" é o mais recente livro de Carlos Manuel de Oliveira e o ponto de partida para este artigo, em que analisa as premissas que justificam o título da obra.

quarta-feira, 24 novembro 2021 11:30

Teletrabalho: o reset das normas

Carla Rebelo, CEO da Adecco Portugal

De uma hora para a outra, todos os que se enquadravam numa função de ‘secretária’ tiveram de fazer as malas e ir para casa. Se, até março de 2020, achávamos que o mundo estava a mudar rapidamente, em um ano tivemos de aprender à velocidade da luz a colocar o prefixo ‘RE’ em quase todos os verbos da gestão e do mundo do trabalho: reformular, refazer, reequacionar, repensar, reposicionar. O mundo dos negócios mudou e o ritmo da mudança nunca mais será lento. A ‘tecnologização’ imposta em quase todos os setores do mercado, mudou vidas, conceitos e modelos de negócio.

segunda-feira, 22 novembro 2021 10:16

Black Friday vs. Green Friday: de que lado queremos estar?

Eurico Estêvão, Marketing Manager na Phenix Portugal

Todos os anos, marcas, profissionais de marketing, grandes superfícies comerciais e os próprios consumidores alinham as suas estratégias para celebrarem mais uma Black Friday. O apelo ao consumo massificado e descartável não é exclusivo desta época, mas intensifica-se e, sempre que chegamos à reta final de mais um ano, assistimos ao mesmo fenómeno: embebidos pelo ardil dos super descontos, os consumidores embarcam numa jornada desenfreada, fazendo do verbo “comprar” a sua missão número um.

quarta-feira, 17 novembro 2021 11:37

Estará a cultura das empresas preparada para o regresso?

Sandra Lourenço, CEO da Your People

A cultura organizacional de uma empresa é como qualquer tipo de relação. Para sobreviver tem de ser alimentada diariamente. A pandemia e o confinamento obrigaram inevitavelmente a um afastamento físico onde a nossa palavra tão portuguesa – saudade – ganhou preponderância.

quarta-feira, 03 novembro 2021 17:57

Primeiro, rimos como chimpanzés

Alexandre Borges. Creative Director da LPM Comunicação

Houve um tempo em comunicação em que bastava aparecer. Pôr o anúncio no jornal, o letreiro luminoso no topo do prédio, o reclame na televisão. Ao Lucky Strike bastava dizer que era tostado – que importava se outros também? Tinha sido o primeiro a aparecer a dizê-lo, ninguém mais o poderia fazer.

quinta-feira, 07 outubro 2021 11:18

Assim se vê a força do CCP

João Navarro, Copywriter na NOSSA

Este artigo é sobre um grupo de militantes. Militantes porque lutam, de forma ativa e convicta, por uma ideia: o poder das ideias. O Clube de Criativos de Portugal (CCP) existe graças a estes ativistas que não defendem uma, mas várias causas: promover a criatividade na comunicação comercial; estabelecer padrões de qualidade na indústria; estimular, apoiar e ajudar a formar as próximas gerações; e facilitar a troca de experiências entre profissionais do meio (estou a roubar palavras do seu site).

quinta-feira, 16 setembro 2021 10:30

De verão, de inverno ou a fazer o pino

Matilde Silva Gomes, Planner da LOLA NORMAJEAN

O verão é um momento-chave para algumas marcas, em que a aposta na criatividade e o investimento são maiores, e a esperança de causar impacto também.

Pág. 4 de 62

bt nl

2050.Briefing

O Outdoor Honesto

À Escolha do Consumidor

Edições Especiais

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing