Out of Office

Saborear o Algarve à mesa? No Aurora #ProvamosEAprovamos

Um novo nascer: é o que significa Aurora. Além disso, é o nome da avó paterna do chef e proprietário do restaurante, Vítor Veloso. A figura maternal foi uma das principais influências na sua vida e este é o nome que dá origem ao espaço que habita em Loulé e que pretende ser, mais do que um restaurante, uma experiência que traz o Algarve à mesa.

sexta-feira, 22 abril 2022 11:25
Saborear o Algarve à mesa? No Aurora #ProvamosEAprovamos

O Aurora nasceu de um sonho antigo, que contrasta com a nova carta que o chef Vítor Veloso apresenta. Em 2022, o objetivo é que o restaurante ganhe também uma nova cara, através de uma redecoração e de alguns ajustes que trarão, ainda mais, a região algarvia à lembrança de quem por lá passa. 

 

foto 2

 

É filho da pandemia e abriu portas depois de o proprietário ter regressado dos Açores. Apesar de as suas raízes remeterem ao Montijo, foi a Ria Formosa que conquistou o seu coração e é de lá que parte, inúmeras vezes, a inspiração para os seus pratos.

 

foto 1

 

Acredita que os menus que confeciona devem conter apenas aquilo que gosta de comer. As suas receitas são tradicionais, mas feitas à sua imagem e é por isso que traz para a cozinha marcas que conferem individualidade aos seus pratos. A mistura entre a carne de porco e o peixe é, por exemplo, uma das combinações que mais gosta de fazer. Porquê? A resposta não é certa, mas talvez o passado da família ligado à criação de carne suína e a paixão pela Ria Formosa expliquem a escolha do chef.

Nesta nova carta diz ter sido “atrevido”. Mas, ainda assim, o cariz regional do restaurante mantém-se. Mais do que levar comida à mesa, o objetivo passa por servir uma experiência completa de degustação a todos aqueles que a quiserem vivenciar.

 

foto 3

 

A este menu, Vitor Veloso quis acrescentar sazonalidade e, de certo modo, garantir que a carta se adapta aos produtos frescos do dia e até aos gostos e restrições dos clientes. Para as entradas, há opções que se reinventam. Em primeiro lugar, chegam à mesa um pastel de massa tenra de berbigão com alho francês e miso, maionese de lima, coentros e malagueta e uma filhós de forma com tártaro de cavala com chouriço, abacate, muxama e milho frito.

De seguida, o palato pode saborear pratos que pretendem trazer sempre o peixe fresco do dia. A ele juntam-se ervilhas, ragoût de lingueirão, amêndoa com paprika fumada, manteiga de camarão e citrinos e espuma de bivalves e, como não podia deixar de ser, a tradicional cataplana, que se vai modificando com os produtos disponíveis em cada dia, que também marca presença.

A carne brilha nos pratos que se seguem: a barriga de leitão é a estrela do primeiro, a que se adiciona puré de abobora, cebola roxa, baby jam grelhada e bimis. Já no segundo, o peito de pato é o protagonista e é acompanhado por nabo, pickes de beterraba, kale e molho de pato assado.Design sem nome 40

Por fim, e para a boca não amargar, há torta de laranja com caramelo de azeitona preta, crumble de amêndoa do algarve caramelizada, gelado de lima e coco e, além de outras opções, ananás, cremoso de chocolate e merengue de lima e gel de moscatel.

Estes e outros pratos, que #ProvamosEAprovamos, podem ser saboreados através de um menu de degustação composto por seis momentos que pode, ou não, incluir wine pairing.

Este endereço de email está protegido contra piratas. Necessita ativar o JavaScript para o visualizar. 

bt nl

2050.Briefing

O Outdoor Honesto

À Escolha do Consumidor

Edições Especiais

Assinatura Mensal
Edição MensalE-paper

Facebriefing